Canjiquinha com Costelinha e LEGUMES

Canjiquinha com Costelinha e LEGUMES…a moda lá de casa!rsr

Isso mesmo, adoro legumes cozidos…..na minha casa meus pais sempre fizeram a Canjiquinha com Costelinha e legumes variados como a cenoura, tomate, couve flor, batatas, pimentões, cebola, repolho e etc…

Acho que a canjiquinha fica mais saborosa…mais coisas para mastigar..não apenas as carnes….mas caso você queira a tradicional é só pular os legumes ok!? rsr 

Semana retrasada teve um dia aqui em BH que choveu o dia inteiro…fiquei pensando que aquele era o dia de comer algo gostoso e quentinho de noite..pensei o dia inteiro pensando na Canjiquinha…..porém erá dia de aula na Faculdade….queria até faltar..mas não podia!!

E eis que ….nos 45 minutos do segundo tempo recebo um recado no face pela minha turma que a Faculdade havia mandado uma mensagem avisando que por falta de energia não haveria aula!kkk

Morri de alegria!! Logo avisei para o marido que teríamos que passar no açougue e no supermercado para eu comprar a canjiquinha! Obaaa!!rsrs

Detalhe o marido aqui também não come canjiquinha..mas ama costelinha de porco!

No final ela ficou deliciosa!

Perfeita..e o marido de quebra ainda comeu costelinha  e adorou!kkk

Vamos á receita?

Canjiquinha com Costelinha e Legumes- Blog Prazer na Gastronomia

INGREDIENTES:

Para a Costelinha:

– 250g de Costelinha de Porco  (é só pedir ao açougueiro para cortar para canjiquinha)

– 2 colheres de sopa de óleo

– 3 dentes de alho amassados

– 1 colher de sobremesa de sal

– pimenta do reino á gosto

– suco de 01 limão

– 150 g de linguiça tipo calabresa ou defumada picada em cubos grandes

Para a Canjiquinha 

– 100 g de canjiquinha

– 1 batata em cubos grandes

– 1 cenoura em cubos grandes

– 1 pimentão em cubos grandes

– 1/4 de uma couve flor em ramos grandes

– 1 xic.  de repolho em folhas grandes

– 1 cebola em fatias grossas

– 1 tomate em cubos grandes

– Sal é pimenta á gosto

– 1/2 tablete de caldo de legumes

– 350 ml de água

MODO DE PREPARO:

Para a Costelinha

– Em um refratário disponha as costelinhas e tempere com sal, pimenta do reino, limão deixe descansar por uns 5 minutos,

– Em uma panela de pressão quente, disponha o óleo e as costelinhas, deixe em fogo alto e vá virando de mais ou menos 2 á 2 minutos até que todos os lados estejam bem dourados, disponha água até que as costelinhas estejam cobertas, tampe a panela de pressão e conte 15 minutos á partir que a panela começar a fazer aquele barulho, depois disto desligue o fogo, deixe toda a pressão sair e verifique, se ainda existir água na panela ligue o fogo e deixe até que toda água segue e começa a fitar de novo,

– Retire a costelinha e reserve,

–  Na mesma panela (com aquele fundinho agarrado) disponha a linguiça e deixe fritando até que esteja bem dourada, retire e reserve;

Para a Canjiquinha

– Utilizando a mesma panela, coloque todos os legumes uns 350ml de água e disponha a canjiquinha, o sal, pimenta, o caldo de legumes e tampe a panela de pressão,

– Deixe cozinhando por uns 10 minutos á contar a partir do barulho, desligue o fogo e deixe toda pressão sair, depois abra a panela,

– Acrescente a costelinha e a linguiça, misture e verifique o tempero e se está tudo cozido e deixe cozinhando por mais 5 minutos para aquecer as carnes, corrija o tempero se precisar coloque mais água;

– Sirva quente com salsinha e cebolinha e pimenta!! (no meu caso esqueci de comprar)

Tempo total de preparo: 40 minutos

Rendimento: De 04 á 05 porções generosas

 

 

 

Anúncios

2 comentários em “Canjiquinha com Costelinha e LEGUMES

  1. Wilka disse:

    Olá! Gostaria de saber o que significa “canjiquinha”? Seria polenta? Obg!!!

    • Layla Vaz disse:

      Olá Wilka,

      Então a canjiquinha, também conhecida por quirera de milho ou péla égua, é uma iguaria mineira que constitui-se de milho triturado grosseiramente até esfarelar-se (a ponto de não passar por uma peneira), ou seja é como se fosse uma farinha de mandioca mais grossa.

      Já a polenta é um alimento típico da culinária italiana, mas que tem amplo uso e aceitação em diversos países, como Argentina, Brasil e Uruguai. Sua base é a farinha de milho ou o Fubá bem fino (na textura de uma farinha de trigo), sendo a que mais consumimos aqui em Minas Gerais, na forma de angu (a forma mais mole de uma polenta), quando se quer uma polenta deixamos cozinhar por mais tempo até ficar bem cremosa e consistente.

      OBS: gostaria de colocar imagens para vc ver a diferença entre as duas mas no wordpress não consigo colocar imagens nos comentários…

      Em breve colocarei um post explicando estas diferenças de forma mais completa!

      Agradeço o seu comentário!
      Espero que tenha esclarecido um pouco para você!
      Abraço!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s